• 315 Jornal A Bigorna 09/03/2021 15:40:00

    Palanque do Zé

     

    Desde que os Decretos 10.627/21, 10.628/21, 10.629/21 e 10.630/21, que versam sobre armas de fogo e seus procedimentos foram editados pelo Governo Federal, a Esquerda está em polvorosa.

    Tanto é que no site do Senado existem diversos Projetos destinados a derrubá-los e a piorar a sua capacidade de se defender. Deixarei de me alongar sobre eles, pois você pode se aprofundar no assunto (e votar NÃO!) nos seguintes links:

     

    Sim! Em menos de duas semanas os desarmamentistas criaram 13 (número emblemático!) Projetos de Lei visando retirar de você, o direito de defender sua vida, a dos seus e o seu patrimônio.

    Preocupado com isso, o Canal Sobrevivencialismo, através do psicólogo Júlio Lobo, fez um vídeo falando sobre como nós, os armamentistas, devemos agir para defender os nossos interesses da maneira mais efetiva: https://www.youtube.com/watch?v=gtSDUPjmUx0

    Acredito que esse vídeo é perfeito pois fala absolutamente tudo o que penso de maneira tranquila. Escrevendo esse artigo, já estou fazendo a minha parte. Mas decidi ir além e me tornei sócio da Associação Nacional Movimento Pró Armas.

    A Pró Armas é uma associação civil sem fins lucrativos ou político-partidários de âmbito nacional, com sede no município de Campo Grande, capital do Estado de Mato Grosso do Sul, cujo objetivo é “produzir conteúdo sobre as questões políticas, filosóficas, jurídicas e técnicas sobre armas de fogo e o acesso civil às armas de fogo”.

    O grande responsável pelo Pró Armas é o Advogado Marcos Zborowski Pollon, que é especialista em legislação de controle de armas.

    Caso queira apoiar a causa, por apenas R$ 38,00 por ano, basta clicar no link: https://proarmasbrasil.com.br/AMPA/Associese. E, antes que me questionem, também achei o valor de 38 reais um número bastante emblemático!

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também